segunda-feira, fevereiro 05, 2007

Rota do Rio Arda

A peregrinação a S.Domingos deixou-nos o noção de que o potencial da envolvente do Rio Arda para incursões BTTisticas era muito grande, dada a grande beleza da amostra do passeio de dia 21 de Janeiro. Rapidamente voltamos àquela zona, para completar o passeio delineado a partir do do Pedro Indy.

Desta feita não subimos ao alto de S.Domingos dado já termos “cumprido a promessa” na semana anterior. Alternativamente, começamos por um estradão que ladeia o Rio Arda pela margem norte. Nada mal para começar. A subida foi feita pela estrada de alcatrão, passando por Alveda e Folgoso. Aqui entramos num caminho de terra em direcção a Ervedal. Algumas dúvidas sobre o percurso fizeram-nos perder algum tempo, tendo a decisão sido tomada após esclarecimentos de dois camaradas que passeavam na zona, dizendo que mais à frente havia passagem por uma ponte que dava acesso àquela localidade.

Seguimos em frente até que deparamos com a dita ponte (ou o que restava dela…..). Na realidade só restava uma tábua escorregadia, que eu transpus de gatas, tal é a minha coragem…

Seguiu-se uma longa subida, passando perto da povoação de Guirela donde se vislumbra a Senhora da Livração no horizonte. A turma ia comentando em voz baixa que a p… da subida nunca mais acabava! Lá bem no alto, começaria a bem merecida descida até ao rio Arda junto ao lugar de Balaido. Descida longa que permitiu alcançarmos uns quarenta e muitos quilómetros hora. Balaido é um local lindíssimo onde aproveitamos para retemperar forças, merendar e captar imagens para o arquivo. A partir daqui começamos nova subida pela localidade de Cavaco passando por Lázaro já de regresso. O adiantado da hora e a extensão do percurso começaram a fazer-se sentir com alguns confrades a perguntar repetidamente onde se tinham metido as descidas….

Mais uma vez o esforço foi premiado por uma magistral descida abrilhantada por algumas travagens controladas (ou talvez não) de alguns dos nossos confrades. Chegada algo tardia aos carros fazendo-se prever raspanetes das patroas à chegada a casa.

Passeio a repetir qualquer dia!

Texto e Fotos by Vice-Presidente Pedro Sampaio

4 Comentários:

Anonymous Carlos David disse...

Ao faltar desta vez, acho que perdi um dos melhores passeios dos últimos tempos.
Já meti uma cunha ao Vice e, um dia destes, vamos repeti-lo mas com um ajuste de menos 6 a 7 km.
Este ajuste, aliado ao facto de que VAI MESMO COMEÇAR À HORA MARCADA, dará para acabar por volta das 2 da tarde, no máximo!

Canelas foi neste domingo um bom treino. 20 km e muito poucas paragens, aliado aos já conhecidos trilhos técnicos e rápidos que tem a serra, foi mesmo bastante agradável.
Pena que, do núcleo duro, tivessem faltado tantos e que a serra continue tão suja...
Abraços a todos os Confrades e BOAS PEDALADAS.

2/05/2007 11:37 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Realmente esta Rota do Arda é digno de se fazer novamente. São 35 kms de bons estradões tanto a subir com a descer e paisagens bem bonitas. Quem realmente fizer este passeio tem já uma boa preparação para os 40kms de Portalegre.
1 abraço e um queijo da serra
Miguel K2 Sampaio

2/07/2007 10:48 da tarde  
Blogger RuiCMartins disse...

Caro Miguel K2!
Vejo que os BCG's não param.
Para quando uma nova incursão ciclistica e gastronómica dos BCG's por Carrazeda de Ansiães?
Parabéns pelo blog!
Abraço
RuiCMartins

PS: Em Vila Flor vão realizar a
II Rota da Liberdade em 22 de Abril. Vai valer a pena!

cciclismo-vilaflor.blogspot.com/

ansiaes-aventura.blogspot.com/

2/12/2007 5:20 da tarde  
Blogger Paulo disse...

Pelas fotos, pareceu-me um belíssimo passeio.
E eu que tenho andado pouco de bike :-(
Tenho de lhe voltar a dar com força!
Paulo David

2/12/2007 10:36 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial