sábado, setembro 01, 2007

S. Lourenço da Montaria - 26 Agosto

S. Lourenço da Montaria, no encalço da Serra d’Arga traz-nos gratas recordações. Na realidade foi aqui que a nossa paixão pelo BTT começou a tomar forma, muito antes da génese do BCG. Estávamos em 1992, artilhados com bikes ORBITA com quadros de ferro puro e duro, já equipados com grupos Shimano Exage. Ganda pinta. Na altura, um passeio com o dedo do “Bispo” que ainda não tinha sido ordenado fez as maravilhas dumas dezenas de aventureiros com partida da Senhora do Minho, churrasco em S.João d’Arga e regresso a S. Lourenço da Montaria.
15 anos depois, recebemos um SMS do Bispo, propondo uma passeata de 25 Km com ponto de encontro no Café Montariense.
Agosto é tempo de banhos e incêndios, pouco propício a passeatas pela montanha. Este ano o S.Pedro revezou os nossos bombeiros e deu-lhe para mandar água qb.
08:00 chovia p… c…… Será que é de ir???....
O lema dos BCG’s é: “ SÓ SE DECIDE NO LOCAL”!!!
Vai daí, lá fomos para Montaria. O Bispo dizia que chuva…nem vê-la…. Devia ainda estar na cama….de janelas fechadas!
O encontro no café Montariense deu-se debaixo de chuva copiosa e vento de rajada, fazendo lembrar as reportagens da Jamaica com a passagem do “DEAN”!
A sapiência do Bispo aconselhava-nos a esperar pela aberta que chegaria daí a minutos…
Confiamos, …. saímos do café ainda debaixo de tempestade para sacar as montadas dos carros.
Partimos meio desconfiados, depois da foto de família no coreto da terra. O Presidente da Junta (???) advertia-nos para não calcarmos a relva! (tivemos alguma dificuldade em identificá-la..)
A aberta apareceu minutos depois, o que nos levou a recolher rapidamente os coloridos impermeáveis.
O tempo estava ameno, o sol descobriu, a paisagem era magnífica. A rota era bem conhecida do Bispo, o que foi uma mais valia, já que os Satélites GPS pareciam estar de folga neste domingo.
O estradão de cota em direcção a Cerquido proporcionava uma vista soberba sobre o vale do Lima. De miradouro em miradouro o grupo parava ouvindo a descrição dos vários pontos de interesse liderada pelo Bispo e coadjuvada pelo Zé Carlos, também grande conhecedor da ladainha.
Junto a Cerquido, com vista sobre a Santa Rita que afinal era a Santa Cristina estivemos a saborear umas maçãs caídas de um pomar abandonado (aquele sabor que já quase não nos lembramos com o advento da fruta normalizada dos hipermercados).
No caminho de volta deparamos com cheirinho a sardinhas assadas. A origem era uma almoçarada com muito bom aspecto que nos fez “levantar as orelhas”. Simpaticamente o cozinheiro gritou alto e em bom som, que para o pessoal havia sempre mais uma…. Já é raro encontrar-se gente assim!!!
Iniciava-se o regresso não sem que numa das inúmeras linhas de água encontrássemos um óptimo local para o lanchinho. Figos da Turquia do Carlos David e exibição de destreza BTTistica do Ismael foram os pratos fortes.
Seguiu-se a passagem pela Santa Justa, complexo religioso interessante no encalço da Serra d'Arga. Garranos e rebanhos de cabras faziam despertar-nos a atenção.
Seguiram-se dois furos do João “Mountain Cycles” Sampaio e um do Ismael (este quase reparado em segredo).
Na chegada a S.Lourenço duas velhotas aconselhavam-nos…” Vão por baixo porque por riba têm que dar às canelas!!!”. GPS para quê!!!!
Seguiu-se reunião de hidratação no Montariense, onde foi realçada a vontade de voltar.

Ao Bispo o nosso agradecimento

BCG

1 Comentários:

Anonymous ZeCarlos.Machado@clix.pt disse...

Como BTTista novato e "freelancer", tenho a declarar que francamente gostei desta malta do BCG, comungo dos seus ideais, da sua forma de cavalgar a bike...e de saborear todos aqueles momentos simples, que recheiam a nossa alma nos passeios de BTT.
Espero poder ter o previlégio de outras aventuras comuns, com chuva ou não, com ou sem a presença nos GPS dos ditos satélites. Aquele abraço aos nobres cavaleiros BCG´s e já agora, caso esteja por aí... benção sr. Bispo?

9/09/2007 9:52 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial